Carrinho:

0 item(s) - R$0,00
Nenhum produto no carrinho.

0

Quem Somos

O NEPZ

O Núcleo Espírita Padre Zabeu foi fundado em 28 de setembro de 1992. Somos uma organização religiosa, de caráter assistencial, filantrópico e cultural, sem quaisquer fins lucrativos. Nosso objetivo é o estudo, a prática e a divulgação da Doutrina Espírita como religião, filosofia e ciência, nos moldes da Codificação de Allan Kardec.

Atuamos na área de assitência social, através dos seguintes trabalhos :

  • - Campanha Auta de Souza – que atende a cinqüenta famílias carentes, fornecendo-lhes cestas básicas e roupas;
  • - Campanha do Leite – que atende a cinqüenta idosos, fornecendo-lhes leite;
  • - Ensino Profissionalizante – com cursos de artes manuais e de manicure.

Livraria Espírita Deluz – Nossa história

Também procuramos divulgar a doutrina espírita através de seus livros, que são fonte de luz e amparo.

Em 04 de maio de 1994, fomos convidados pelos companheiros Eugênio e Souza, trabalhadores da USE, para montar uma feira do livro espírita em um pequeno Shopping de Santana. Eles estavam impossibilitados de assumir mais esse compromisso, pois estavam terminando de realizar uma grande feira em outra localidade, quando surgiu esse novo convite, oriundo de representante desse Shopping.

À época eu estava montando uma pequena feira de livros no bairro do Tucuruvi. Ela funcionaria nos dias 08 e 09 de maio de 1994, em uma banca improvisada na rua. Eles sabiam das adversidades pelas quais tínhamos passado para conseguir a autorização, bem como do nosso empenho com aquela tarefa.

Assim, quando não puderam aceitar o convite de expor naquele Shopping, lembraram-se do nosso grupo e nos convidaram. A alegria foi imensa. Já pressentíamos que aquele seria o começo de um grande trabalho. Algo nos dizia que não seria uma simples exposição, mas o início e a concretização de um projeto feito junto à Espiritualidade amiga.

Prova disso, é que o que deveria durar apenas uma semana, acabou se prorrogando para dois anos.

A USE nos emprestou algumas estantes para exposição, bem como nos forneceu os livros, em consignação. Muito nos auxiliou o Gerente da livraria da USE à época, Álvaro, que sempre se mostrou amigo e parceiro de ideal.

Lembro-me que os primeiros dias de exposição foram emocionantes. Não havia outros voluntários, ainda, pois tudo ocorrera muito depressa. Então eu ficava de plantão, mas as pessoas passavam, olhavam e iam embora. Nenhuma venda ! Esses dias serviram para testar nossa persistência e crença naquele trabalho.

Quatro dias depois, quando chegou a sexta-feira, dia em que havíamos programado a feira de rua no Tucuruvi, deixamos voluntários no Shopping e fomos para a rua integrar a equipe de rua. Para nossa surpresa, as vendas começaram a acontecer tanto no Shopping, como na banca externa, onde fomos muito bem recebidos pelos que por ali passavam. No domingo seria Dia das Mães, e muitos compraram livros para presenteá-las. Sexta e sábado foram dois dias inesquecíveis. Muita correria e muita alegria.

Durante o período que estivemos com nossa banca nos Shopping, contamos com a simpatia dos dirigentes daquele local, que nos cederam o espaço e, apesar de não serem espíritas, compreenderam o amor com que realizávamos aquela tarefa.

Houve um momento em que a Gerente nos mandou o recado de que o Diretor havia solicitado que ela acertasse conosco um aluguel para permanecermos, pois ali já estávamos expondo há aproximadamente um ano.

Trabalhávamos com voluntários, havendo uma escala de três pessoas, em média, se revezando por dia, e o lucro era pequeno. Ficamos preocupados com a notícia, pois se tivéssemos que pagar pelo local, não sobraria verba, e o trabalho dificilmente cresceria.

Naquela mesma semana sonhei com algumas plantas dispostas em fila, em uma jardineira linear. Ao lado dessas plantas, eu conversava com um homem, mas ao acordar, não consegui lembrar-me de quem seria aquela pessoa. Mais tarde, estando a cumprir minha escala de venda de livros, deparei-me com o Diretor do Shopping. Até então, eu jamais havia conversado com ele, que tinha sempre um semblante muito sério e reservado. Tudo era tratado diretamente com a Gerente, que havia se tornado uma amiga.

Quando ele desceu a escadaria do primeiro pavimento para o térreo, onde nos encontrávamos, sorri e ele retribuiu meio desconcertado. Falei-lhe, então, sobre o nosso Centro, nossas expectativas, como nossa banca funcionava na base do voluntariado. Como esse trabalho é muito apaixonante, até me emocionei nesse relato. Ele , então, se despediu e foi para sua sala na Administração. Foi quando, olhando para o lado da escadaria pude visualizar aquelas mesmas plantas do meu sonho, em uma jardineira alta e linear. Nunca tinha observado aquelas plantas. Só então, em um lampejo, lembrei-me de que o homem com quem conversara no sonho era aquele mesmo senhor.

No dia seguinte, a Gerente deu-nos a feliz notícia de que o Diretor havia suspendido a cobrança do nosso aluguel.

Não há dúvida de que houve a interferência amiga do Plano Espiritual.

Ali permanecemos até 03 de junho de 1996. E só temos que agradecer pelos momentos felizes que passamos, bem como pelas dificuldades, que muito nos ensinaram. Deixamos esse local, mas demos continuidade ao trabalho, ousando montar uma livraria de rua.

Assim, em 15 de maio de 1996, iniciamos nossa livraria, cujo nome, por inspiração, passou a ser “LIVRARIA DELUZ”.

Convidamos, então, a companheira Alzira, nossa voluntária mais assídua, para trabalhar nessa livraria. Com muito amor e dedicação, ela continua conosco até hoje, trabalhando sempre com muita alegria.

A Banca do Jaçanã

Durante muito tempo realizamos eventos de Pintura Mediúnica. No cadastro que pedíamos para que as pessoas preenchessem, havia a solicitação de sugestões. Em um deles, a pessoa sugeriu que montássemos uma banca de livros espíritas no bairro do Jaçanã. Essa sugestão, não sei por quê motivo, ficou em nossa mente como um objetivo a ser alcançado. E, por incrível que pareça, tudo foi ocorrendo a nosso favor. Até que em 02 de outubro de 1995 conseguimos iniciar mais esse trabalho de divulgação, montando uma banca de livros espíritas no Jaçanã, na Praça João Batista Vasquez.

Tivemos alguns voluntários, mas quem permaneceu nos auxiliando nessa banca, foi a companheira Iracy, que ali comparece com muito amor, tendo muito carinho por aquela banca, que tem auxiliado tantas pessoas.

Nossos Parceiros - Troca de Links


Olivieri Imóveis - O Ponto de Encontro do seu Imóvel - www.olivieriimoveis.com.br

Núcleo Espírita Padre Zabeu - Divulgação Espírita - www.padrezabeu.com.br